Browse By

APLB realizará paralisação e protesto reivindicando negociação com o prefeito; “Desde dezembro tentando conversar”

A APLB – Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia, através do núcleo de Itacaré, realizará na próxima terça-feira, dia 17, uma paralisação das atividades do município e realizará um protesto em frente a Câmara de Vereadores. A classe cobra uma audiência de negociação com o prefeito, que vem sendo adiada e remarcada desde dezembro de 2017 e nunca acontece.

Entre as diversas reinvidicações está, o cumprimento do Plano de Carreira do Magistério (FUNDEB 60), o Plano de Carreira dos Servidores de Serviços Gerais (FUNDEB 40),o Terço de Férias do Servidor de Apoio, o reajuste de salário dos Secretários Escolares, o Piso Nacional do Magistério que deveria ser pago desde janeiro de 2018, e regularizaçao de algumas situações vistas em um estudo da folha de 2017 e outras situações da categoria.

Segundo integrantes da APLB, a categoria resolveu parar para ver se dessa forma o gestor atende a diretoria sindical para tentar solucionar as situações, inclusive, com relação ao relatório do Projeto REDE VIDA VIVA que trata da saúde do trabalhador, que foi aplicado na rede municipal com todos os trabalhadores em julho de 2017 e querem apresentar para a gestão.

“Vamos para a Câmara pedir apoio aos vereadores e justificarmos o motivo da paralisação para a comunidade. A categoria se sente desrespeitada diante de várias tentativas de um encontro com a delegacia sindical regional e local com a gestão”, declarou uma servidora pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *