Browse By

Trabalho de apoio à agricultura familiar continua na zona rural

Mais cinco associações e comunidades da zona rural de Itacaré serão beneficiadas essa semana com o trabalho de orientação e organização das entidades realizado pela Prefeitura Municipal em parceria com a Bahiater/Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural. Nessa segunda-feira estão sendo atendidas as comunidades atendidas da Associação Novo Paraíso e Associação Serra da Jacutinga e na terça, dia 24, as equipes da Prefeitura e Bahiater estarão na Associação do Cajueiro e Associação do Oitizeiro e também na região dos Quirinos.

A meta é atender, somente nesse mês de abril, 13 entidades no município. O objetivo do trabalho é orientar e nortear as entidades e ajustar a necessidade de cada associação para, a partir daí, elaborar projetos voltados para o desenvolvimento e a geração de emprego e renda. E além da orientação para as associações, as equipes também estão auxiliando na regularização da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) pessoa física e jurídica e na elaboração de projetos. Somente nas primeiras semanas já foram atendidas cerca de 450 pessoas das mais diversas regiões.

DIAGNÓSTICO – Nas comunidades os trabalhos começam às 9 horas da manhã e prosseguem até às 16 horas. Nesses locais, além do trabalho de orientação, também é feito um diagnóstico rural participativo sobre as necessidades de cada comunidade. No diagnóstico, além das informações básicas de cada associação, também será feito o levantamento detalhado da produção da agricultura familiar em Itacaré, identificando o que está sendo cultivado, o volume, a área, o período de produção e também a comercialização.

Na lista de comunidades e associações já beneficiadas com esse trabalho da Prefeitura e Bahiater estão a comunidade quilombola do Oitizeiro/Pinheiro, Assentamento Pancada Grande, Associação Quilombo do Fojo, Associação São Gonçalo, Associação da Camboinha, Associação Embaúbas, Associação Conjunto São Pedro, Associação do Orojó e Associação PA Nova Vida. O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, considera importante esse trabalho como forma de organizar cada vez mais as associações para que possam ser beneficiadas com os projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *