Browse By

Aprovada urgência para projeto que regulamenta criação de municípios

Emancipalistas de todo Brasil estiveram em Brasília nos dias 14, 15 e 16 para acompanhar a votação do PLP 137\2015 na Câmara dos Deputados. Após a votação em dois dias de um MP polêmico que trata da privatização da Eletrobrás e outros destaques, o Presidente Rodrigo Maia pôs em votação o regime de urgência para o Projeto de Lei Complementar (PLP) 137/15, que regulamenta a criação de municípios no Brasil, sendo aprovado por 337 votos contra apenas 36 votos contra e 2 abstenções.  

Não houve quorum para a votação do mérito, que ficará para outro dia devido ao esvaziamento no plenário. Para ser aprovado, um texto de projeto de lei complementar precisa do apoio de 257 deputados. Emancipalistas que ainda estão em Brasília articulam para que o projeto entre na pauta da próxima terça ou quarta-feira, já que a urgência foi aprovada.  

O deputado Weverton Rocha (PDT-MA) disse que não haverá novos custos a partir do projeto. “Esta nova regra não onera a União, ela é dura, ela é rígida, não vai haver farra de criação de municípios. Há plebiscito para os dois lados – o que vai deixar de ter o distrito e a população que vai criar o novo município – além de estudos”, afirmou. 

Taboquinhas foi bem representada na Capital do Brasil. 32 moradores estiveram presentes lutando pela emancipação do distrito, entre eles 7 vereadores, que estão dando total apoio a causa juntamente com o prefeito Antonio de Anízio. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *